Bem-Vindo

A ACOS – Associação de Agricultores do Sul, a União dos Agrupamentos de Defesa Sanitária do Alentejo, a Federação Andaluza de Agrupamentos de Defesa Sanitária Animal (FADSG) e Cooperativas Agroalimentares de Espanha, organizam em Beja, nos próximos dias 5 e 6 de Novembro de 2020, o II Congresso Luso-Espanhol de Pecuária Extensiva e Desenvolvimento Rural.

O objetivo do Congresso é discutir os aspetos técnico-científicos e de política agrícola associados à pecuária extensiva e ao meio rural envolvente e apresentar as suas mais-valias ambientais, territoriais, económicas e sociais, tanto aos produtores agropecuários como ao público em geral.

Refletir em conjunto sobre o papel da pecuária extensiva, dos benefícios do pastoreio, da valorização das raças locais, da sua capacidade de resiliência, da dinamização e enriquecimento do espaço rural são alguns dos objetivos que movem os organizadores do Congresso. Esta análise deverá ser feita entre pares, no interior do setor produtivo, mas também ser dirigida ao público em geral tendo em conta a defesa da biodiversidade, saúde, bem-estar animal, segurança alimentar e defesa da dieta mediterrânica. A pecuária extensiva é uma atividade promotora da dinamização do espaço rural, da proteção do meio ambiente e da fixação de população nas zonas de interior. A partilha conjunta de informação, entre produtores, instituições de ensino e de investigação, agentes políticos, estruturas representativas da produção animal e vegetal à escala ibérica, deve ser encarada como uma oportunidade única para o futuro. É oportuno e urgente dar a conhecer este importante sector de produção, de forma objetiva e séria e reclamar medidas de política no âmbito da nova PAC tendo conta a sua sustentabilidade. Por outro lado, a crescente urbanização da sociedade reflete um preocupante desconhecimento sobre a importância da agricultura, dos setores pecuário e florestal, como um todo vital para a defesa da biodiversidade, para o desenvolvimento rural e para o combate às alterações climáticas.

Ao longo de dois dias, o II Congresso Luso-Espanhol de Pecuária Extensiva e Desenvolvimento Rural abordará questões relacionadas diretamente com a produção e sanidade, a comercialização dos produtos, o turismo, a cinegética, a gastronomia e as medidas de política agrícola preconizadas para o sector.

Contaremos com especialistas de ambos os países e com contributos das mais variadas áreas de atuação, desde produtores pecuários, cooperativas, associações, empresas, investigadores, representantes da cadeia de distribuição, representantes políticos da União Europeia, governos português e espanhol, organismos desconcentrados do Estado e representantes dos governos regionais espanhóis.

Visite Beja

Fotos: arquivo CMBeja

Organização